quinta-feira, 14 de agosto de 2014

PORQUE OS CHAMADOS EVANGÉLICOS NÃO TÊM FUTURO


"Pastor" Daniel Vieira Desejou a Morte da Presidente Dilma Rousseff

Para falar a verdade é muito difícil discordar de vários amigos que deixaram suas igrejas sob a alegação, que os chamados evangélicos não passam de um grande bando de idiotas.

O motivo principal para a manifestação dessa caracterização é fruto direto das lideranças evangélicas, especialmente as midiáticas, entre outras.

O besteirol é gigantesco e já temos demonstrado isso em vários posts do nosso blog.

A trágica morte do candidato a presidente Eduardo Campos possibilitou inúmeras oportunidades para comentários infelizes, inclusive por parte de pastores do meio evangélico.

Esse é exatamente o caso desse cidadão que atende pelo nome de Pr. Daniel Viera. É isso mesmo: a expressão “Pr.” é parte do seu nome próprio. Esse cidadão se define como: Pregador dos Gideões e Apaixonado por ISRAEL. Ou seja, a perfeita combinação de duas metades, completamente sem nenhum significado.

Pois muito bem, esse senhor, que se diz “pastor” teve o desplante de publicar a seguinte frase em seu Twitter após tomar conhecimento da morte de Eduardo Campos:

“Morre Eduardo Campos, candidato a presidente. Hoje são 13, número do PT. A morte bateu na porta errada, deveria ter levado a DILMA!!”.

 Para aqueles sempre duvidosos que um “ungido” poderia chegar a fazer tal afirmação grotesca, deselegante e imoral, para dizer o mínimo, reproduzimos abaixo a publicação original de seu Twitter, que mesmo que venha a ser apagada, ficará registrada aqui e em vários outros sites como um testemunho perene da calosidade e da falta de compaixão de uma homem, cujo o coração continua sendo de pedra!

 
Fotos capturadas do Tweeter de Daniel Viera.

São atitudes odiosas como essas que colocam, cada vez mais, o chamado povo evangélico, numa rota de colisão com a vasta maioria do povo brasileiro. Esse blog não recomenda o voto na presidente Dilma, mas daí desejar que ela venha morrer num acidente vai muito além do mínimo de decência que esperamos, especialmente de homens e mulheres que adoram títulos como “pastor”, “bispo”, “apóstolo”, “reverendo” e outros semelhantes a esses. Recomendamos que o Ministério Público Federal abra o processo devido para alguém que desejou abertamente a morte da Sra. Presidenta da República Dilma Rousseff. Podemos não gostar de suas políticas, nem de suas ideias e etc., mas daí desejar a morte dela, ou de quem quer que seja, de forma pública, como fez esse sr. é algo que deveria ser tratado da única forma possível: como crime!

Ninguém merece morrer apenas porque não nos agrada ou porque discordamos de alguém no que quer que seja. A isso chamamos de “fundamentalismo” e lamentamos que o “fundamentalismo” do povo chamado evangélico esteja arraigado na mais profunda hipocrisia — disfarçado de amor cristão — como representada pelo cidadão mencionado acima.

Se não mudarmos rapidamente de atitude, o confronto entre os chamados evangélicos e a sociedade brasileira em geral será inevitável e as consequências são imprevisíveis.

Sim, é necessário continuar lutando contra o aborto, contra a homossexualidade, contra as injustiças em geral e etc. Mas tudo isso deve ser feito no campo das ideias e sem ofensas idióticas com a que lemos acima. Se tiver que existir violência que parta daqueles que nos odeiam ou que odeiam a verdade de Deus. Mas que nós nunca possamos servir de pedra de tropeço para ninguém.

Um desafio: escrevam para o sr Daniel Vieira e deixem o mesmo saber quão desagradável, nojento e abominável foi seu infeliz e imoral comentário. Ele poderá ser acessado pelo seguinte Twitter: @prdanielvieira

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:

http://www.facebook.com/pages/O-Grande-Diálogo/193483684110775

Desde já agradecemos a todos.

2 comentários:

  1. JOEL CARVALHO - DF15 de agosto de 2014 07:42

    Isso aí é qualquer coisa, menos um pregador do Evangelho de Cristo.
    O Amor de Deus passou longe da vida desse homem.

    Minha esposa tem me ensinado muito nesses últimos anos a orar pelas autoridades constituídas sobre a nação, quando me pega falando sobre as mazelas que essas autoridades implementam com suas políticas. E não raro, desço o malho mesmo sem economizar palavras.
    Então, ela me diz:
    - Amor, a presidente também tem uma alma, e é uma vida que Deus também ama, assim como ele Te ama. Vá orar por ela.

    Irmão Alex, depois dessas palavras, não como eu não me calar e me envergonhar do meu fraco cristianismo.
    --------------------------------------------------------------
    Voltando ao assunto do falso pastor acima.

    O prenome Pastor, foi de tal forma vulgarizado, porque começaram a fazer do "mais baixo do povo, sacerdotes dos lugares altos".
    Antigamente, como já testemunhei aqui sobre meu pai, o membro da igreja era posto à prova por vários anos, sendo observado amiúde, a fim de que fosse comprovada sua idoneidade espiritual e cristã.(Esse é um assunto prolixo e complexo, por isso cito "en passant".)

    Mas, hoje, qualquer sujeito que tenha um dízimo acima de R$ 1.000,00, e se tiver algum cargo relevante público/político ou destaque no mundo empresarial na comunidade local, logo se torna alvo dos "mercenários", que dirigem rebanhos, conduzindo-os para qualquer lugar, menos para o céu. Eles partem para cima do sujeito como verdadeiros abutres.

    Na maior cara-de-pau, sem o menor pudor, eles chamam o sujeito e praticamente o "obrigam" a assumir um cargo eclesiástico de direção na comunidade religiosa local.

    Sei do que estou falando, pois tive um irmão vivendo situação igual a essa. E veja que meu mano, sequer era da comunidade evangélica. Meu mano, infelizmente "perambula" por comunidades como Rosa Cruz, que é uma espécie de cisão da maçonaria, e também por outras comunidades ocultistas de mesma matriz e teor.

    O disparate, que comprova que muitos desses "pastores" servem ao Diabo, é que, meu irmão, um bom policial judiciário e advogado, impetrou ação judicial de reparação de danos em favor de minha mãe contra a convenção da AD em Tocantins, e o Presidente da convenção, certo da derrota judicial, como de fato ocorreu, chamou meu irmão e ofereceu-lhe o cargo de Pastor e uma igreja de "porte" mediano para pastorear! PASMEM! TREMEI DE HORROR!

    Meu irmão, é claro, mesmo afastado do Caminho do Senhor, é bem mais coerente e temente a Deus, quando se trata de macular o nome precioso de Jesus Cristo, e disse um sonoro não!

    Esse sujeito, agora ex-presidente da convenção da AD em Tocantins, é um homem milionário com vasto patrimônio em Palmas-TO e adjacências.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Joel,

      Obrigado por compartilhar. Tem cada história que só dá para acreditar vindo de pessoas como você.

      É muita patifaria. Deus tenha misericórdia e nos ajude, porque está cada dia mais difícil de tolerar tanta calhordice.

      Abraço fraterno,

      irmão Alex.

      Excluir