quinta-feira, 31 de julho de 2014

A GLÓRIA DE DEUS - Estudo # 1 - O SIGNIFICADO DA GLÓRIA DE DEUS — Parte 2



Essa é uma série de estudos baseada no tema geral da: “GLÓRIA DE DEUS”. É um estudo bastante aprofundado do tema em si e de todas as suas implicações. É bastante conveniente que o leitor prossiga nesses estudos até o final para poder usufruir melhor do conteúdo dos mesmos. No final de cada estudo o leitor encontrará links para os outros estudos.  


III. Mas o que é a Glória de Deus ?

A. O Uso Bíblico da Palavra “Glória”.

1. No Antigo Testamento, a palavra mais comum usada para designar “glória”, tinha a ver com o conceito de “algo pesado” — כָּבוֹד kabowd. O mesmo conceito era usado para se referir a possessões. É comum encontrarmos no original hebraico do Antigo Testamento, a ideia de alguém estando “pesado, com muitas posses”.

Gênesis 31:1

Então, ouvia Jacó os comentários dos filhos de Labão, que diziam: Jacó se apossou de tudo o que era de nosso pai; e do que era de nosso pai juntou ele toda esta riqueza ou glória.

2. Riqueza, influência, posição e poder são também indicados por essa palavra. José instruiu a seus irmãos a que informassem seu pai acerca de todas as coisas que lhe eram pertinentes no Egito.

Gênesis 45:13

Anunciai a meu pai toda a minha glória no Egito e tudo o que tendes visto; apressai-vos e fazei descer meu pai para aqui.

3. Quando o povo de Israel foi julgado por Deus e a Arca da Aliança foi levada pelos Filisteus, a mulher do sacerdote Finéias chamou seu filho de אִי־כָבוֹד ‘Iykabowd, para indicar que a glória não estava mais presente em Israel.

1 Samuel 4:21

Mas chamou ao menino Icabô, dizendo: Foi-se a glória de Israel. Isto ela disse, porque a arca de Deus fora tomada e por causa de seu sogro e de seu marido.

4. De forma mais particular a palavra “gloria”, seja no Antigo ou no Novo Testamento, refere-se à excelência da pessoa de Deus, Seus grandes atos e aos muitos aspectos da Sua bondade e misericordiosa para com Seu povo. Davi expressou sua gratidão a Deus da forma seguinte:

1 Crônicas 16:10, 24, 27 e 35

Gloriai-vos no seu santo nome; alegre-se o coração dos que buscam o SENHOR. Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos, as suas maravilhas. Glória e majestade estão diante dele, força e formosura, no seu santuário. E dizei: Salva-nos, ó Deus da nossa salvação, ajunta-nos e livra-nos das nações, para que rendamos graças ao teu santo nome e nos gloriemos no teu louvor.

IV. Ilustrações Explanatórias Acerca da Glória de Deus.

A. A Outorga ou entrega da Lei no Monte Sinai.

Deuteronômio 5:24

Eis aqui o SENHOR, nosso Deus, nos fez ver a sua glória e a sua grandeza, e ouvimos a sua voz do meio do fogo; hoje, vimos que Deus fala com o homem, e este permanece vivo.

O povo não está se referindo somente aos efeitos físicos do fogo, da fumaça e do tremor da terra. Eles tinham em mente o conteúdo da revelação. Deus tinha Se revelado ao povo na entrega da Lei.

1. A Visão de Deus concedida ao Profeta Isaías.

Isaías 6:1—3

No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobria o rosto, com duas cobria os seus pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.

Até ter aquela visão Isaías não conhecia nenhum outro rei senão o rei Uzias. Quando ele morreu foi mostrado ao profeta que Deus mesmo estava no trono de Israel. Nesta visão de Deus e após ouvir os louvores do seres celestiais, Isaías se dá conta de que tudo foi criado por Deus, de que Deus é o Senhor soberano sobre todas as coisas e que tudo isto está intimamente relacionado à Gloria de Deus.

2. A Promessa de Deus ao Crente Perturbado ou Abalado, Desnorteado.

Salmos 50:15

Invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.

É da vontade de Deus se envolver em todos os aspectos das nossas vidas, inclusive em nossas tribulações. Sua promessa é que Ele vai processar todas as coisas visando o nosso bem e com isso Ele irá glorificar a Si mesmo.

3. A Presença de Deus com os Pastores no Anúncio do Nascimento de Jesus.

Lucas 2:8—9

Havia, naquela mesma região, pastores que viviam nos campos e guardavam o seu rebanho durante as vigílias da noite. E um anjo do Senhor desceu aonde eles estavam, e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e ficaram tomados de grande temor.

A Glória de Deus foi aqui manifestada, não somente na aparição dos anjos, ou no conteúdo da proclamação do nascimento de Jesus, mas também em um intenso brilho, era noite, que acompanhou este grande ato de Deus.

4. O Milagre do Senhor Jesus em Caná da Galileia.

João 2:11

Com este, deu Jesus princípio a seus sinais em Caná da Galileia; manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele.

Esse primeiro milagre foi muito significativo por várias razões. A palavra “glória” é usada para indicar que este ato sobrenatural de bondade, da parte de nosso Senhor Jesus, indicava quem Ele realmente era. Ele era o Senhor da Glória, o Criador, o Deus Soberano, o Salvador que nos ama.

5. A Descrição da Provisão de Deus na salvação e Seus Muitos Benefícios.

Efésios 1:5—6

Nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado.

A graça e o poder da pessoa de Deus e da Sua obra são claramente manifestados na regeneração e transformação do crente. Nossa salvação traz glória e louvor ao nosso Deus.
V. A Ênfase Bíblica Acerca da Glória de Deus.

A. Na Bíblia a “Glória de Deus” se refere à Perfeição Infinita da Excelência Moral de Deus.

1. O Contexto — Moisés no Monte Sinai — A Virada na Vida de Moisés.

Êxodo 33:12

Disse Moisés ao SENHOR: Tu me dizes: Faze subir este povo, porém não me deste saber a quem hás de enviar comigo; contudo, disseste: Conheço-te pelo teu nome; também achaste graça aos meus olhos.

2. A Descrição — Moisés pede para ver o “caminho e a glória” de Deus. Então lhe é mostrado a excelência Moral da Pessoa de Deus.

Êxodo 33:12—13

Agora, pois, se achei graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber neste momento o teu caminho, para que eu te conheça e ache graça aos teus olhos; e considera que esta nação é teu povo. Respondeu-lhe: A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso.

Êxodo 33:18—19

Então, ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória. Respondeu-lhe: Farei passar toda a minha bondade diante de ti e te proclamarei o nome do SENHOR; terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer.

Êxodo 34:6

E, passando o SENHOR por diante dele, clamou: SENHOR, SENHOR Deus compassivo, clemente e longânimo e grande em misericórdia e fidelidade.

3. A Explicação —– Não existe nada tão grandioso, tão bom, tão valioso, tão importante e tão digno de adoração e louvor, quanto a pessoa de Deus mesmo.

1 Crônicas 29:10—11

Pelo que Davi louvou ao SENHOR perante a congregação toda e disse: Bendito és tu, SENHOR, Deus de Israel, nosso pai, de eternidade em eternidade. Teu, SENHOR, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu, SENHOR, é o reino, e tu te exaltaste por chefe sobre todos.

B. Na Bíblia a “Glória de Deus” também se refere à graciosa revelação de Deus.

1. O Contexto — A Revelação de Deus a Israel no Monte Sinai.

Êxodo 24:16—17

E a glória do SENHOR pousou sobre o monte Sinai, e a nuvem o cobriu por seis dias; ao sétimo dia, do meio da nuvem chamou o SENHOR a Moisés. O aspecto da glória do SENHOR era como um fogo consumidor no cimo do monte, aos olhos dos filhos de Israel.

2. A Descrição – A Provisão de um Lugar para um Encontro Espiritual entre Deus e o Homem.

Êxodo 25:8, 22; Êxodo 29:43

E me farão um santuário, para que eu possa habitar no meio deles. Ali, virei a ti e, de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins que estão sobre a arca do Testemunho, falarei contigo acerca de tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel. Ali, virei aos filhos de Israel, para que, por minha glória, sejam santificados.

Lucas 18:13—14

O publicano, estando em pé, longe, não ousava nem ainda levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, sê propício a mim, pecador! Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque todo o que se exalta será humilhado; mas o que se humilha será exaltado.

3. A Explicação — Deus é exaltado pela demonstração do Seu amor, Sua verdade e Sua santidade na salvação de todo aquele que crê.

2 Coríntios 3:18

E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito.

Filipenses 1:11

Cheios do fruto de justiça, o qual é mediante Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus. 

Gálatas 1:23—24

Ouviam somente dizer: Aquele que, antes, nos perseguia, agora, prega a fé que, outrora, procurava destruir. E glorificavam a Deus a meu respeito.

C. Na Bíblia, a “Glória de Deus” também diz respeito à manifestação Divina na pessoa do Senhor Jesus Cristo.

1. O Contexto — Jesus Cristo se torna membro da raça humana como profeta, sacerdote e rei da parte de Deus.

Isaías 40:5

A glória do SENHOR se manifestará, e toda a carne a verá, pois a boca do SENHOR o disse.

2. A Descrição — Em Jesus Cristo, Sua pessoa, obras e palavras — o próprio caráter de Deus foi revelado.

Hebreus 1:1—3

Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo. Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas.

3. A Explicação — A revelação de Deus na pessoa de Jesus, não foi meramente uma demonstração da justiça divina e sim um convite amoroso da graça de Deus.

João 1:14

E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.

O que pode ser mais importante do que a pessoa do nosso Deus — Seu amor, Sua verdade e Sua Santidade?

OUTROS ESTUDOS ACERCA DA GLÓRIA DE DEUS

Estudo 001 — A Glória de Deus — O Significado da Glória de Deus — Parte 1 

Estudo 001 — A Glória de Deus — O Significado da Glória de Deus — Parte 2 

Estudo 002 — A Glória de Deus — A Importância de Se Viver Para a Glória de Deus — Parte 1

Estudo 002 — A Glória de Deus — A Importância de Se Viver Para a Glória de Deus — Parte 2

Estudo 003 — A Glória de Deus — O Senhor Jesus e  a Glória de Deus — Parte 1 

Estudo 003 — A Glória de Deus — O Senhor Jesus e a Glória de Deus — Parte 2 

Estudo 004 — A Glória de Deus — A Provisão Divina Relacionada com a Glória de Deus — Parte 1

Estudo 004 — A Glória de Deus — A Provisão Divina Relacionada com a Glória de Deus — Parte 2

Estudo 005 — A Glória de Deus — As Prioridades dos Crentes a Glória de Deus — Parte 1 

Estudo 005 — A Glória de Deus — As Prioridades dos Crentes a Glória de Deus — Parte 2 

Estudo 006 — A Glória de Deus — A Vida Diária dos Crentes a Glória de Deus — Parte 1 

Estudo 006 — A Glória de Deus — A Vida Diária dos Crentes a Glória de Deus — Parte 2 

Estudo 007 — A Glória de Deus — Os Empecilhos Para Se Viver Para a Glória de Deus — Parte 1

Estudo 007 — A Glória de Deus — Os Empecilhos Para Se Viver Para a Glória de Deus — Parte 2

Estudo 008 — A Glória de Deus — A Relação entre a Glória de Deus e o Louvor — Parte 1 

Estudo 008 — A Glória de Deus — A Relação entre a Glória de Deus e o Louvor — Parte 2 

Estudo 009 — A Glória de Deus — A Relação entre Ações de Graças e a Glória de Deus — Parte 1

Estudo 009 — A Glória de Deus — A Relação entre Ações de Graças e a Glória de Deus — Parte 2

Estudo 010 — A Glória de Deus — As Advertências Bíblicas Acerca da Glória de Deus — Parte 1
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/04/a-gloria-de-deus-estudo-10-as.html

Estudo 010 — A Glória de Deus — As Advertências Bíblicas Acerca da Glória de Deus — Parte 2
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/07/a-gloria-de-deus-estudo-010-as.html

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.

5 comentários:

  1. Irmão Alex,

    Deus te abençoe por mais esse maravilhoso e enriquecedor estudo da Palavra de Deus, aqui compartilhado. Louvado seja o Senhor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Joel,

      Obrigado e que Deus te abençoe.

      irmão Alex.

      Excluir
  2. Obrigado foi bastante esclarecedor Deus te abencoe grande mente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Jacilene,

      Obrigado por tuas generosas palavras.

      Quero te incentivar e continuar lendo a série toda.

      Abraço,

      irmão Alex

      Excluir